Mural
Aqui você encontra de tudo um pouco da nossa empresa
... Muito em breve ...
Aguarde
Desenvolvimento de Sites e Aplicativos

Relatório

Home > Relatório

Tenha a sua disposição uma grande quantidade de relatórios gerenciais além de obter relatórios customizados a sua necessidade.

Dispomos de um time de profissionais para lhe apresentar todos os benefícios de dos mais diferentes relatórios aos quais lhe serão muito úteis para o gerenciamento de sua empresa e prover valiosas informações para promoções e ações de negocio.

Por que tantos relatórios ?

Relatórios são uma ferramenta para a administração de negócios e servem para organizar e ajudar no esclarecimento e soluções de problemas econômicos, administrativos, de recursos humanos e tantos outros que uma empresa pode haver. Servem para facilitar os passos seguidos por uma empresa, diagnosticar riscos e novas possibilidades em sua gestão. Sendo assim, os relatórios não deveriam ser produzidos simplesmente para amenizar potenciais críticas ou destacar as boas ações de uma empresa.

Muitas empresas vêm publicando relatórios de sustentabilidade. A empresa KPMG (uma das líderes na prestação de serviços de auditoria, impostos e consultoria de gestão e estratégica) realizou uma pesquisadetalhada sobre os relatórios de sustentabilidade publicados nas 250 maiores empresas globais e nas 100 maiores empresas de 41 países e constatou que, hoje, este tipo de relatório é elaborado por 71% das 100 maiores empresas da Ásia. Nas Américas, 76% contra 73% das empresas europeias, publicam estes relatórios. A pesquisa verificou um crescimento expressivo do número de relatórios publicados em países emergentes, incluindo os da América Latina. No Brasil o índice de publicação gira em torno de 80%, índice condizente com o máximo obtido em países onde o relato de informações socioambientais não é obrigatório por lei. Índices próximos de 100% só são encontrados em locais onde existe algum tipo de obrigação (França e Dinamarca com 99%, África do Sul com 98%).

Os números demonstraram que não existe mais espaço para a discussão se as empresas devem ou não elaborar um relatório de sustentabilidade. De acordo com o que foi constatado na pesquisa, isto já se tornou uma prática padrão e a maioria das empresas seguem as diretrizes da Global Reporting Initiative (GRI), uma instituição independente que criou o primeiro padrão mundial de diretrizes para elaboração de relatórios de sustentabilidade das empresas que querem avaliar o seu desempenho econômico, ambiental e social. É um Centro de Colaboração Oficial do Meio Ambiente das Nações Unidas.

Se a maioria das empresas está utilizando estes relatórios, sem que eles sejam necessariamente obrigatórios, resta-nos saber com quais finalidades: publicitária? ambiental? organizacional? econômica? Será que estão preocupadas com a sustentabilidade ou querem se mostrar sustentáveis? De qualquer forma, o assunto sustentabilidade vem mesmo ganhando espaço em todas as esferas da vida. E, sendo estratégicos tanto na economia quanto nas áreas socioambientais, esperamos que os relatórios de sustentabilidade das grandes empresas as ajudem a seguir o rumo da economia verde.

Conquistando seu espaço no mercado e expandindo, o objetivo geral de toda empresa é se consagrar no mercado e neste mercado altamente competitivo todas as informações devem ser captadas, analisadas e tratada.

Conhecer o Mercado é Vantagem Profissional

 

Para um posicionamento estratégico o profissional precisa conhecer seu terreno competitivo
“… aquele que conhece o adversário e a si mesmo, lutará cem batalhas sem perigo de derrota;” Sun Tzu, A Arte da Guerra

Estabelecer uma empresa de sucesso no competitivo mercado atualmente continua sendo um desafio para os profissionais e empresas. A primeira grande tarefa é conhecer o mercado de uma forma mais abrangente, pesquisando os aspectos positivos e negativos de cada segmento e de cada tipo de setor, para orientar tanto as novas empresas que pretendem se estabelecer, quanto as antigas, que se encontram estagnadas no setor.

É fato que o mercado mesmo em momentos de crise apresenta grandes oportunidades de negócios atualmente, chances que em geral estão sendo aproveitadas pelas organizações bem sucedidas, e pelos profissionais de sucesso de cada setor. No entanto, a maioria das empresas e profissionais continuam estagnados buscando, com dificuldade, sobreviver profissionalmente de maneira lucrativa.

Durante a implantação de nosso programa de consultoria, a primeira constatação que identificamos na maioria dos negócios é a completa falta de informação sobre aspectos essenciais do mercado. Em nosso “Briefing” inicial para identificar as necessidades da empresa e levantar informações para desenvolver as estratégias competitivas, percebemos que os profissionais têm pouca ou nenhuma informação sobre:

• Quem são seus principais concorrentes.
• Quais são as empresas estratégicas do setor.
• Qual o perfil de seu cliente ideal.
• Qual o melhor foco de atuação segundo suas competências específicas.
• Quais são as necessidades não atendidas do mercado que poderiam ser ofertadas por seu escritório.
• Que competências precisam ser desenvolvidas para aproveitar as oportunidades de negócios em sua área de atuação.
• Que ações de marketing as empresas de sucesso estão realizando para captar e conquistar clientes.
• Como funciona a gestão administrativa dos negócios de sucesso, além de diversas outras informações importantes.

Em geral encontramos a seguinte situação nos profissionais e empresas que nos procuram:

As empresas já estabelecidas – em geral são bastante generalistas, atendendo uma variável gama de clientes e segmentos de mercado, sem buscarem um foco especifico de atuação. Os profissionais justificam esta atitude em função da necessidade de se manterem no mercado, e de não poderem se dar ao luxo de “dispensar clientes”, uma vez que precisam pagar as contas do negócio.

Sun Tzu

Como exemplo da importância de conhecer o mercado, damos o exemplo de Sun Tzu, general chinês que viveu no século IV AC, e que no comando do exército real de Wu acumulou inúmeras vitórias, derrotando exércitos inimigos e capturando seus comandantes. Sun Tzu, foi um profundo conhecedor das manobras militares e escreveu “A ARTE DA GUERRA”, ensinando estratégias de combate e táticas de guerra. Este livro, escrito há 24 séculos, continua atual e seus conceitos são amplamente estudados por lideres empresariais.
Em sua obra, entre outros pensamentos estratégicos, Sun Tzu cita cinco elementos importantes das regras militares:
• O primeiro é a análise do terreno da batalha.
• O segundo é o cálculo de forças de trabalho e dos recursos de material disponível.
• O terceiro é o cálculo da capacidade logística.
• O quarto é uma comparação de sua própria força militar com a do inimigo.
• O quinto é uma previsão de vitória ou derrota.
Todos estes elementos têm seus correspondentes no campo empresarial, para estimular os profissionais a conhecerem melhor o mercado em que atuam, e são uma fonte de sabedoria para os profissionais atualmente.
Vamos então detalhar melhor os procedimentos que um jovem profissional ou empresário podem realizar para conhecer melhor o mercado e assim poderem desenvolver um posicionamento profissional estratégico.

Desenvolvimento de Websites e Aplicativos Parceria Brasil ~ Desenvolvendo Parcerias Parceria Brasil